Conecte-se conosco

Congresso

CPI da Covid terá equipe técnica “emprestada” para investigar fake news

Cooperação com a CPMI das Fake News inclui compartilhamento de dados.

Published

em

Marcos Oliveira | Agência Senado

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia terá, a partir de agosto, a ajuda de uma equipe que fará a investigação sobre disseminação de fake news sobre a peste chinesa.

A cooperação é fruto de uma articulação feita entre o senador Renan Calheiros (MDB-AL) e a deputada Lídice da Mata (PSB-BA).

“A intenção é que haja colaboração para identificar uma verdadeira rede de desinformação que atua espalhando notícias falsas sobre a eficácia das vacinas contra o coronavírus, tratamentos precoces inexistentes e mensagens que confundem e podem custar a vida de brasileiros e brasileiras”, declarou a parlamentar.

Renan, por sua vez, já havia pedido anteriormente o compartilhamento de dados da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News a fim de cruzar informações e identificar autores de supostas disseminações de inverdades sobre a Covid-19.

“Estaremos juntos atuando em várias frentes, entre elas o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no combate aos grupos criminosos organizados que lucram com fake news”, concluiu a deputada.

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).