Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Economia

Vendas do comércio brasileiro têm crescimento no mês de maio

Tamanna Rumee | Unsplash

As vendas no comércio tiveram alta de 1,6% no mês de maio em comparação ao mês anterior. O setor de materiais de construção voltou a ser destaque, com elevação de 4,8%.

Os dados, nacionais, são do Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian e foram divulgados nesta sexta-feira (11).

De acordo com a pesquisa, todos os segmentos cresceram em maio, na comparação com o mês anterior, exceto o de combustíveis e lubrificantes, que teve a maior baixa do ano (6,8%).

Supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas cresceram 1,7%; móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e informática, 3,2%; veículos, motos e peças, 2,8%; e tecidos, vestuários, calçados e acessórios, 3,5%.

“As restrições de funcionamento impostas aos comércios físicos nos meses de março e abril foram amenizadas a partir do início de maio, sendo assim, a presença mais ativa dessas empresas possibilitou um maior nível de consumo e uma leve aceleração das vendas”, declarou o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Os dois principais nomes aparecem isoladamente na liderança da corrida ao Planalto.

Economia

Desocupação no país foi a 9,8%, no mais baixo patamar desde 2016.

Economia

Estudo divulgado pelo Ipea utiliza como base os dados da Pnad Contínua, do IBGE.

Mundo

Queda mais acentuada ocorreu entre jovens adultos, 'progressistas' e simpatizantes do Partido Democrata.

----- CLEVER ADS -----