Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Governo

Bolsonaro diz que ‘pequena reforma ministerial’ deve acontecer na próxima semana

Uma das principais alterações deve ocorrer na Casa Civil.

(Brasília - DF, 20/07/2021) Cerimônia Militar em Comemoração ao Aniversário de Nascimento do Marechal do Ar Alberto Santos-Dumont. Foto: Marcos Corrêa/PR

Em entrevista à rádio Jovem Pan de Itapetininga, o presidente Jair Bolsonaro disse que fará uma reforma ministerial na próxima semana.

A declaração ocorreu na manhã desta quarta-feira (21).

Segundo informações que circulam nos bastidores do governo, o mandatário deve mesmo entregar a pasta da Casa Civil ao presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI).

O parlamentar é um dos principais líderes do Centrão.

O general Luiz Eduardo Ramos deve deixar a Casa Civil e assumir a Secretaria-Geral da Presidência, sob atual comando de Onyx Lorenzoni.

Já Onyx, de acordo com apurações do Conexão Política, deve assumir o Ministério do Trabalho e Previdência, que deverá ser recriado.

Bolsonaro  alega que, até o momento, as modificações serão necessárias para continuar ‘administrando o país’.

“Estamos trabalhando, inclusive, uma pequena mudança ministerial, que deve ocorrer na segunda-feira, para ser mais preciso, para a gente continuar aqui administrando o Brasil”, finalizou o chefe do Executivo.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Governo

Presidente informou que o veto ocorreu após pareceres de ministérios.

Judiciário

Ações acusavam a chapa eleita em 2018 de abuso de poder econômico.

Judiciário

Inicialmente, Bolsonaro pretendia depor por escrito.

Governo

Auxílio Brasil, que substitui Bolsa Família, ainda depende de recursos.