Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Governo

Bolsonaro volta a dizer que houve fraude nas eleições de 2014: ‘Vou apresentar as provas’

Chefe do Executivo diz fará apresentação demonstrando que Aécio Neves ganhou as eleições daquele ano.

(Brasília - DF, 08/04/2020) Pronunciamento do Presidente da República, Jair Bolsonaro em Rede Nacional de Rádio e Televisão. Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (21) que, na próxima semana, deve apresentar o que ele classifica como “provas de fraudes nas eleições 2014”, período político em que a petista Dilma Rousseff foi reeleita para a Presidência da República.

“Vou apresentar na quinta ou na sexta que vem [as provas de fraude eleitoral]. Vamos convidar a imprensa e nas mídias sociais, vamos demonstrar em uma hora e meia as perguntas de gente que entende do assunto sobre o que vamos apresentar. O que não podemos deixar é problema para as eleições do ano que vem”, afirmou o chefe do Executivo em entrevista à rádio Jovem Pan de Itapetininga (SP).

Recentemente, diante das acusações de Bolsonaro sobre eventuais indícios de fraude, o PSDB se manifestou sobre o assunto. Em nota, o partido informou que não houve interferências no pleito.

“O PSDB considera as eleições de 2014 limpas e confia nas urnas eletrônicas. Estará sempre na defesa da democracia”.

O mandatário, por sua vez, garante que vai encaminhar, na sequência, os devidos documentos  ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Governo

Presidente informou que o veto ocorreu após pareceres de ministérios.

Judiciário

Ações acusavam a chapa eleita em 2018 de abuso de poder econômico.

Política

A partir de 31 de outubro, ex-juiz pode romper vínculo com consultoria estrangeira.

Política

Levantamento coloca deputado do PSB com 25% e atual governador com 18%.