Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Alexandre de Moraes determina prisão e extradição de Allan dos Santos

Contas bancárias do fundador do Terça Livre foram bloqueadas.

Terça Livre | Divulgação

O ministro Alexandre de Moraes, Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou a prisão preventiva do jornalista Allan dos Santos, fundador do Terça Livre.

Em sua decisão, o magistrado também determinou que o governo federal, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública e do Ministério das Relações Exteriores, providencie a extradição do comunicador, que atualmente reside nos Estados Unidos.

A informação primária foi veiculada pela TV Globo e confirmada pelo Conexão Política. O despacho foi proferido em 5 de outubro.

A detenção de Allan dos Santos foi pedida pela delegada Denisse Ribeiro, da Polícia Federal (PF), e atendida pelo ministro da Suprema Corte. A Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou contra a prisão.

Ele é investigado em dois inquéritos no STF: o das fake news e o das supostas milícias digitais antidemocráticas.

Para ter acesso à íntegra da decisão judicial, clique aqui.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Caminhoneiro se apresentou espontaneamente ao delegado-chefe da PF em Joinville.

Judiciário

Buscas foram autorizadas pelo ministro no âmbito do inquérito das fake news.

Mundo

A medida vale também para turistas que visitam o país.

Mundo

Político gastou quase o dobro dos quase R$ 140 milhões permitidos pela lei eleitoral francesa.