Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Fux manda TJ de Mato Grosso do Sul retirar bandeira do Brasil Império

Corte sul-mato-grossense diz que o ato é uma homenagem aos 200 anos da Independência.

Getty Images

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, determinou a retirada da bandeira do Brasil Império do mastro principal do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS), em Campo Grande.

A decisão se deu na noite desta segunda-feira (6). No texto, Fux anotou que a homenagem “diminui os símbolos da República” e pode resultar em uma punição disciplinar ao presidente da Corte, desembargador Carlos Eduardo Contar, conhecido por adotar posicionamentos conservadores.

Conforme noticiado pelo Conexão Política, o estandarte imperial flamearia até o dia 10 de setembro, mas foi alvo de representação de membros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Na determinação, o presidente do STF considera que a bandeira não se insere entre os símbolos oficiais do Poder Judiciário e, ainda, existe a necessidade de manutenção da neutralidade e imparcialidade do tribunal de Mato Grosso do Sul.

“A manutenção da situação relatada tende a causar confusão na população acerca do papel constitucional e institucional do Poder Judiciário, na medida em que o TJMS pretende diminuir os símbolos da República Federativa do Brasil”, escreveu.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Proposta de controle da mídia é defendida pelo ex-presidente Lula.

Política

Os dois conversaram sobre 'higidez' do processo eleitoral.

Judiciário

Por causa da pandemia, abertura do ano judiciário será no formato virtual.

Judiciário

Elite do funcionalismo público quer reajuste de 19,99%, referente ao período de 2019 a 2021.