Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Moraes mantém prisão de Jefferson e ordena retorno ao presídio

Defesa do político pede prisão domiciliar.

Fábio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o ex-deputado federal Roberto Jefferson volte para o presídio de Bangu (RJ) assim que for confirmada a alta hospitalar.

Jefferson está preso desde agosto. Em setembro, ele foi encaminhado ao Hospital Samaritano da Barra da Tijuca para tratamento médico.

A defesa do político reconhece que ele já está em condições de ter alta, mas solicitou solicitou ao ministro uma autorização para prisão domiciliar.

Moraes, segundo o portal R7, negou o pedido.

“Embora ele esteja em condições aptas a receber a alta médico-hospitalar, é inequívoco que o seu retorno ao estabelecimento prisional agravará a sua condição de saúde”, defenderam os advogados de Jefferson.

Leia abaixo trecho da decisão do magistrado:

Diante do exposto, comprovada a efetiva alta hospitalar, DETERMINO o imediato retorno de ROBERTO JEFFERSON MONTEIRO FRANCISCO à unidade prisional em que se encontrava custodiado, devendo o Hospital Samaritano Barra enviar a documentação pertinente imediatamente a esta CORTE.

O custodiado deverá ser escoltado pela Polícia Federal, com a devida retirada da tornozeleira eletrônica.

Comunique-se à Polícia Federal e à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro, inclusive por vias eletrônicas, para cumprimento imediato.

Intimem-se a Procuradoria-Geral da República, o Hospital Samaritano Barra e os advogados do denunciado, inclusive por vias eletrônicas.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Últimas

Ministro do STF quer apurar se o deputado desobedeceu medida restritiva.

Últimas

Ministro do STF irá a São Paulo para discursar em uma instituição universitária.

Judiciário

Preso sem julgamento, ex-deputado apresenta sintomas de início de trombose.

Judiciário

Moraes assumirá a vice-presidência até agosto e, então, se tornará o próximo chefe da Corte.