Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

PGR pede ao STF arquivamento de inquérito sobre atos antidemocráticos

Procuradoria não vê provas da participação de parlamentares; para demais investigados, caso deve ser apurado pela 1ª instância.

João Américo | Secom | PGR

Após não encontrar provas suficientes da participação de congressistas em atos que supostamente violariam a Lei de Segurança Nacional (LSN), a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento do inquérito.

O pleito foi apresentado pelo vice-procurador-geral Humberto Jacques de Medeiros. A apuração investigava a conduta de 11 deputados.

Com isso, o procedimento deverá ser encaminhado à primeira instância, uma vez que envolve pessoas sem prerrogativa de foro.

A decisão caberá ao ministro Alexandre de Moraes. Em abril deste ano, ele havia determinado a prorrogação do inquérito por mais 90 dias.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Ação investiga se o presidente da República cometeu crime de prevaricação na pandemia.

Judiciário

Presidente da Câmara era acusado de receber propina milionária da Queiroz Galvão.

Política

Assunto segue repercutindo no cenário político e midiático.

Congresso

Senador chamou o PGR de 'serviçal de Bolsonaro' e o acusou de não cumprir as funções do cargo.