Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Senado mexicano aprova legalização da maconha

O Senado do México aprovou a legalização da maconha para usos recreativo, científico, médico e industrial.

Agora, a chamada Lei Geral para Regulamentação da Cannabis deve ser votada na Câmara dos Deputados antes do término da atual legislatura, em 15 de dezembro, segundo a Agência Brasil.

O Movimento para Regeneração Nacional (Morena), que compõe o governo, e seus aliados contam com maioria nas duas Casas Legislativas.

A nova entidade poderá emitir cinco tipos de licenças para controlar algumas das atividades relacionadas com o cultivo, a transformação, venda, pesquisa, exportação e importação da maconha.

Em seu primeiro artigo, a nova lei, aprovada com 82 votos a favor, 18 contra e sete abstenções, diz que busca “melhorar as condições de vida” dos mexicanos e “contribuir com a redução da incidência de delitos vinculados ao narcotráfico”.

Desde que assumiu a Presidência em dezembro de 2018, o presidente Andrés Manuel López Obrador colocou em pauta o tema da descriminalização da maconha e de outras drogas como parte de sua estratégia de governo.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Congresso

Senadora ocupou a presidência da comissão nos últimos dois anos.

Política

Nas redes sociais, deputada reprovou a conduta dos congressistas que integram a comissão.

Congresso

Ministro da Saúde já foi ouvido duas vezes pela comissão desde o início dos trabalhos.

Congresso

Relator acusou chefe do Conselho Federal de Medicina de apoiar 'negacionismo' na pandemia.