Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Manifestantes vão às ruas de diversas capitais em defesa do presidente Jair Bolsonaro

Apoiadores declararam apoio irrestrito à democracia.

Várias capitais do país registraram manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) neste sábado, 1º de Maio, data em que se comemora o Dia do Trabalho.

Os participantes exibiam faixas com críticas às recentes decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e aos govenadores e prefeitos.

No Rio de Janeiro, que é um tradicional palco tradicional de mobilizações políticas, o ato começou logo cedo, em Copacabana, com as ruas completamente lotadas.

O voto impresso e a garantia das liberdades individuais foram as principais pautas defendidas pelo apoiadores do presidente da República.

 

 

Pela manhã, além do Rio, o protesto passou a ser registrado nas ruas de Belo Horizonte e região metropolitana. Simpatizantes do governo federal realizaram um ato na área central, que começou na praça Tiradentes às 10h e seguiu para a praça Sete, ocupando a pista da Afonso Pena.

Com bandeiras do Brasil e trajes nas cores do país, os manifestantes carregavam faixas de apoio a Bolsonaro, incluindo os dizeres ‘Eu, autorizo presidente’, em referência à recente fala do chefe do Executivo sobre aguardar um sinal da população para intervir contra medidas autoritárias de Estados e Municípios.

O vereador Nikolas Ferreira e o deputado estadual Bruno Egler, ambos do PRTB, marcaram presença no local e reforçaram as pautas que conduziram os apoiadores a saírem de suas casas neste 1° de maio.

Salvador

Em Salvador, os manifestantes iniciaram o ato na avenida Oceânica entre o Farol da Barra o monumento do Cristo.

A multidão entoava o hino nacional, além de revezar com orações pelas vítimas da Covid-19 no país.

Entre as principais pautas, destacam-se a defesa do voto impresso e o apoio integral ao mandatário.

São Paulo

No início da tarde, outros estados e municípios passaram a somar no ato deste sábado.

Em São Paulo, os manifestantes se concentram na Avenida Paulista, com bandeiras e faixas em apoio ao presidente.

No local, um carro de som foi conduzido com uma grande faixa pedindo a reabertura econômica no estado de São Paulo durante a pandemia do coronavírus.

Várias figuras políticas discursaram no veículo, entre eles Carla Zambelli (PSL) e Roberto Jefferson (PTB).

Ao todo, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os manifestantes ocuparam 4 quarteirões, da Alameda Campinas até a Alameda Ministro Rocha Azevedo.

Grande parte do público que marcou presença nos atos de hoje estava utilizando máscara. A proteção facial tem sido estabelecida para evitar um maior contágio da Covid-19.

 

 

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Economia

Mercado financeiro espera por nova alta da Selic para 9,25% ao ano.

Mundo

Nesta terça-feira (30), a Rússia reiterou a parceria estratégica com o Brasil e comemorou a entrada do país, em janeiro de 2022, no Conselho...

Governo

Declaração do presidente foi confirmada pelo dirigente do partido.

Mundo

Ditador afirma que declarações do brasileiro sobre a Covid-19 são “loucuras típicas de um extremista de direita”.