Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Sergio Moro diz que repudia ‘ataques’ contra Fachin, do STF

Marcelo Camargo | Agência Brasil

O ex-juiz Sergio Moro saiu em defesa do ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que na segunda-feira (8) anulou as condenações de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na Lava Jato de Curitiba.

Moro, que estava há 11 dias sem fazer nenhuma publicação nas redes sociais, disse que a discordância em relação às decisões da Corte não deve ser motivo de perseguição.

No Twitter, o ex-juiz destacou o caráter técnico do ministro.

“Repudio ofensas e ataques pessoais ao Ministro Edson Fachin do STF, magistrado técnico e com atuação destacada na Operação Lava Jato. Qualquer discordância quanto à decisão deve ser objeto de recurso, não de perseguição”, escreveu.

O Supremo informou, nesta sexta-feira (13), que reforçou a segurança de Fachin e de seus familiares após a decisão envolvendo o líder petista.

“A Suprema Corte ressalta que é inaceitável qualquer ato de violência por contrariedade a decisões judiciais”, diz a nota.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Cruz foi ministro-chefe da Segov até junho de 2019.

Política

Articulações em prol da eventual candidatura seguem em andamento.

Política

Declaração ocorre após o ex-juiz oficializar entrada no cenário político.

Política

Em entrevista a Pedro Bial, ex-juiz da Lava Jato afirmou estar 'construindo um projeto consistente'.