Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Saúde

Anvisa diminui tempo de análise para aprovar estudos de vacinas

Novo prazo será de 120 dias corridos em vez de 180 dias.

Myke Sena | Min. da Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou nesta quarta-feira (3) que diminuiu o prazo para análise de pedidos de estudos clínicos para a produção de vacinas. Segundo o órgão, o novo prazo será de 120 dias corridos em vez de 180 dias.

A nova regra já está publicada no Diário Oficial da União (DOU) e ficará em vigor até 120 dias depois de o Ministério da Saúde declarar o fim da emergência de saúde pública ocasionada pela pandemia da Covid-19.

A suposta demora da Anvisa para o aval de estudos já foi alvo de críticas por parte do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). No início deste ano, o tucano apontou uma suposta falta de “senso de urgência” para validar estudos relacionados à crise sanitária.

Vale lembrar, no entanto, que os estudos clínicos são testes realizados em humanos. Por conta disso, são compostos por várias fases e precisam ter controle de qualidade e de ética, pelo envolvimento de voluntários.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Saúde

Imunizantes cumprem quesitos de qualidade, eficácia e segurança, diz equipe técnica.

Últimas

Bolsonaro respondeu carta divulgada por Antonio Barra Torres

Últimas

Em nota, Torres afirma que chefe do Executivo deve pedir investigação caso haja “menor indício de corrupção”.

Últimas

No Brasil, apenas a vacina da Pifzer tem aprovação para uso pediátrico