Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Condenados pela Lava Jato pedem para sair da prisão após decisão do STF

Nesta última quinta-feira (7), o Supremo Tribunal Federal proibiu a prisão após a condenação em segunda instância.

De acordo com o novo entendimento, o cerceamento da liberdade somente poderá ocorrer após o esgotamento de todos os recursos previstos no ordenamento jurídico.

Menos de 24h após a decisão do Supremo, seis condenados da Lava Jato no Paraná já solicitaram liberdade à Justiça.

São eles:

  • Alberto Elísio Vilaça Gomes, ex-diretor da empresa Mendes Júnior
  • Fernando Moura, empresário
  • José Dirceu, ex-ministro
  • Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente da República
  • Sérgio Cunha Mendes, ex-vice-presidente da Mendes Júnior
  • Renato Duque, ex-diretor da Petrobras

Segundo o Ministério Público Federal, existem 74 réus da força-tarefa no Paraná que atualmente encontram-se detidos com condenação em segunda instância.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Ministro do STF proibiu qualquer investigação no caso do imóvel e das doações ao Instituto Lula.

Judiciário

Decisão é do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Veículo deverá publicar retratação em até 48h.

Judiciário

Acusação foi iniciada em 2016 pelo MPF-PR.

Judiciário

Com extensa ficha criminal, ex-governador do Rio de Janeiro está preso desde 2016.