Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Fachin permite que Palocci fique em silêncio durante CPI do BNDES

O ex-ministro da Fazenda também não poderá ter sua imagem registrada durante a sessão, nem por filmagem, nem por foto

O ex-ministro da Fazenda também não poderá ter sua imagem registrada durante a sessão, nem por filmagem, nem por foto

Nesta última terça-feira (28), o ministro Edson Fachin (Supremo Tribunal Federal) concedeu habeas corpus ao ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.

Fachin deu a Palocci o direito de ficar em silêncio diante das perguntas dos parlamentares da CPI do BNDES.

Além disso, o ex-ministro não poderá ter sua imagem registrada durante a sessão, nem por filmagem, nem por foto.

O ministro também concedeu autorização para que Palocci seja acompanhado por um advogado na sessão.

Fachin negou, entretanto, o pedido da defesa para que Palocci não comparecesse ao local.

“Não constato, nesse momento incipiente da prestação jurisdicional reclamada, a necessidade da pretensão voltada ao não comparecimento ao ato para o qual convocado o paciente, tendo em vista a aptidão do direito ao silêncio, ora assegurado, servir como instrumento de tutela suficiente às garantias constitucionais em evidência”, escreveu na decisão.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Segundo ele, documento apontava detalhes de financiamento ilegal em favor de políticos do partido.

Política

Em delação, ele aponta suposta relação entre petistas e o Primeiro Comando da Capital.

Política

Apesar de entrar na mira da CPI da Covid, nenhum dos executivos da Hapvida foi indiciado.

Política

Para a cúpula lulopetista, manobra tem viés político e servirá de bandeira para aliados de Bolsonaro.

----- CLEVER ADS -----