Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Justiça do RJ acata recurso de Flávio Bolsonaro

O deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, onde funciona o gabinete de transição de governo.

Por dois votos a um, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu que o caso do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) será enviado ao Órgão Especial e sairá da primeira instância.

Contudo, as provas e as decisões do juiz Flávio Itabaiana, responsável pelas investigações desde outubro de 2018, serão mantidas.

Os desembargadores Paulo Rangel e Mônica Toledo votaram a favor da tese de defesa do parlamentar.

A defesa alegou que Flávio tinha prerrogativa de foro no Órgão Especial do TJ.

Luciana Pires, advogada do senador, informou que vai pedir a anulação das decisões de Itabaiana.

“A defesa agora buscará a nulidade de todas as decisões e provas relativas ao caso desde as primeiras investigações. A defesa sempre esteve muito confiante neste resultado por ter convicção de que o processo nunca deveria ter se iniciado em primeira instância e muito menos chegado até onde foi. Flávio Bolsonaro era deputado estadual na época e o juízo competente para julgar o caso seria o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio, como acaba de ser reconhecido”, disse.

Rachadinha

De acordo com o MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro), no esquema chamado de rachadinha, deputados contratavam assessores e, em troca, recebiam de volta parte dos salários deles.

São 21 parlamentares citados, entre eles, o então deputado estadual Flávio Bolsonaro.

O relatório do Coaf apontou uma movimentação atípica de R$ 1,2 milhão em uma conta em nome do ex-assessor.

Os outros suspeitos são o servidor da Alerj Matheus Azeredo Coutinho; os ex-funcionários da casa legislativa Luiza Paes Souza e Alessandra Esteves Marins; e o advogado Luis Gustavo Botto Maia.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

Nesta terça-feira (30), a Rússia reiterou a parceria estratégica com o Brasil e comemorou a entrada do país, em janeiro de 2022, no Conselho...

Judiciário

Segunda Turma negou recurso do Ministério Público do Rio de Janeiro.

Judiciário

Na imagem, socialista acusava senador de lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção.

Judiciário

Corte entendeu que processo deveria ser conduzido pelo Tribunal de Justiça.