Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Kim Kataguiri vai ao STF para obrigar Lira a analisar impeachment de Bolsonaro

Ministros da Corte devem estipular prazo para presidente da Câmara se manifestar, diz parlamentar.

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), segundo a CNN Brasil, apresentou um mandado de injunção ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que a Corte determine um prazo para o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), analisar os pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A ação refere-se a todos os pedidos de impeachment que já foram protocolados contra o chefe do Executivo.

Pela lei, cabe ao presidente da Câmara decidir se admite um processo de impedimento contra o presidente da República, instaurando uma comissão para analisar os possíveis crimes de responsabilidade.

Caso Lira não prossiga, existe a possibilidade de os parlamentares recorrerem ao plenário da Casa.

O pedido do deputado, que é coordenador do grupo Movimento Brasil Livre (MBL), acontece poucos dias após o ministro Luís Roberto Barroso, do STF, obrigar o Senado a instalar uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar a conduta do governo federal na Covid-19.

Eleito na ‘onda bolsonarista’ em 2018, Kim e os demais colegas de movimento romperam com Bolsonaro no ano seguinte, assumindo protagonismo na oposição em diversas pautas do governo federal.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

Nesta terça-feira (30), a Rússia reiterou a parceria estratégica com o Brasil e comemorou a entrada do país, em janeiro de 2022, no Conselho...

Governo

Declaração do presidente foi confirmada pelo dirigente do partido.

Congresso

Foram 312 votos a favor e 144 contra. Texto será votado mais uma vez antes de ir ao Senado.

Congresso

Deputados têm direito ao benefício quando não ocupam imóvel funcional em Brasília.