Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Lewandowski libera mais dois jornalistas e uma TV para entrevistar Lula

Na decisão, o ministro destacou que “ainda que se encontre em execução antecipada da pena”, Lula “não pode ter seus direitos fundamentais restringidos”

O ministro Ricardo Lewandowski (Supremo Tribunal Federal) autorizou que mais dois jornalistas e uma emissora de TV entrevistem o ex-presidente Lula, que está preso desde o ano passado em Curitiba, após ter sido condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

O jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, e Eleonora de Lucena, do Tutaméia, conseguiram a permissão no dia 24 de abril.

A TVT (TV dos Trabalhadores) também conseguiu permissão para entrevistar o presidiário.

Na decisão, Lewandowski destacou que “ainda que se encontre em execução antecipada da pena, [Lula] não pode ter seus direitos fundamentais restringidos pelo Estado, dentre eles a liberdade de expressão”.

Na última quinta-feira (26), Lula concedeu entrevista à Folha de São Paulo e ao El País.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Objetivo é formar 'grande bloco' de esquerda.

Política

Presidente do TSE usou o termo ao cumprimentar jornalistas da GloboNews.

Política

Para ex-presidente, prévias no partido tucano são “saudáveis” para a democracia.

Política

Legenda afirma que objetivo é unir forças para impedir reeleição de Jair Bolsonaro.