Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

PT pede que emissoras mantenham debates mesmo sem presença de Bolsonaro

Imagem: Nelson Almeida | APF

A coordenação de campanha do candidato do PT, Fernando Haddad, pediu nesta sexta-feira que as emissoras de TV que tinham programado debates para o segundo turno entre os presidenciáveis mantenham as datas, apesar da recusa do adversário, Jair Bolsonaro, em participar dos eventos.

Em nota, a coligação que reúne PT e PCdoB disse que Haddad se mantém à disposição das emissoras para usar o tempo que lhe seria destinado nos debates e apresentar suas ideias.

Cancelar os debates significa compactuar com a estratégia covarde e antidemocrática do deputado Bolsonaro. O povo brasileiro tem o direito de saber em quem vai votar e as emissoras de TV têm o dever de prestar este serviço ao público“, diz o texto.

Seis debates haviam sido marcados pelas principais redes de tevê, sendo que quatro – Band, TV Gazeta, RedeTV e SBT – que ocorreriam nesta semana e na anterior, já foram cancelados pelas emissoras. Restariam Record, no dia 21, e Globo, no dia 26.

Até a última quinta-feira, os médicos que cuidam de Bolsonaro desde que o candidato foi atacado com uma facada não o haviam liberado para participar de eventos de campanha.

Esta semana, na última avaliação, os médicos consideraram que houve evolução e que caberia ao candidato decidir sobre a participação em debates.

Bolsonaro citou dois fatores — restrições médicas e preocupação com a segurança — para justificar que “dificilmente” participará de debates no segundo turno.

“Temos a questão do meu estado de saúde ainda, estou com restrições. E por outro lado pesa o fator segurança. Então, baseado nisso, dificilmente eu comparecerei a debates”, disse o presidenciável em vídeo divulgado em suas redes sociais nesta sexta-feira.

 

 

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Bolsonaro e Lula, de acordo com pesquisas eleitorais, são os nomes favoritos de 2022.

Política

Em entrevista exclusiva ao Conexão Política, apresentador do Balanço Geral Ceará garante que manterá seu nome na disputa.

Política

Nova regra permite que duas ou mais siglas atuem em conjunto.

Política

Para eleitores, a fatores econômicos devem ser prioridade.