Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Judiciário

Augusto Nunes critica ministros do STF: “Semideuses de araque”

Para ele, Supremo deixou de ser referência de decisões judiciais baseadas na Constituição.

Reprodução | Jovem Pan

O jornalista Augusto Nunes, da rádio Jovem Pan, criticou os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta última quinta-feira (1º), durante o programa ‘Os Pingos Nos Is’.

Para ele, os magistrados da Corte se comportam como ‘semideuses de araque’ e, mencionando antecessores da mais alta instância do país, criticou a atual composição do Tribunal.

“O Supremo era uma esperança de justiça para quem se julgava injustiçado pelas outras instâncias judiciais. Hoje, o Supremo é o terror de pessoas que temem as decisões deformadas por interesses políticos, opiniões políticas ou por simples ignorância“, declarou o comunicador.

Ainda sobre o tema, Augusto disse que Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente, teve seus motivos para desejar ser julgado na primeira instância, considerando que o primeiro grau de jurisdição tem “juízes aprovados em concurso”.

“São 11 pessoas divididas em bancadas que envergonham o Supremo Tribunal Federal. Quando eu comecei dizendo que eu disputaria uma vaga no Supremo, foi pra esculhambar o Senado, porque eu estaria esculhambando a mim se eu levasse a sério uma coisa dessas. Esse tipo de Supremo eu não quero ver nem pra entrevistar. Uma das pessoas que eu tive o prazer de entrevistar foi a Cármen Lúcia, que virou isso aí, uma devota do Gilmar Mendes”, prosseguiu.

Por fim, o jornalista destacou que o ministro Luiz Fux, presidente da Suprema Corte, é o único nome aprovado em um concurso de ingresso para magistratura.

“Estou afirmando ao ministro Alexandre de Moraes que eu não confio no julgamento dele, que eu não confio no Supremo e que o Supremo envergonha o Brasil. Isso é conspirar contra a democracia: encher o Supremo de incompetentes, que não respeitam a lei e a democracia”, completou.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Judiciário

Fux diz que eventual derrubada de plenário virtual pode trazer 'colapso' ao Judiciário.

Judiciário

Ministro conduzirá trabalhos do colegiado por um ano, a partir de agosto.

Política

Deputado estadual paranaese foi destituído pelo TSE por divulgar fake news.

Judiciário

Em julgamento na 2ª Turma, prevaleceram os votos dos ministros Fachin, Lewandowski e Gilmar.

----- CLEVER ADS -----